Lançamento do Plano da Ação Evangelizadora

Lançamento do Plano da Ação Evangelizadora

No último dia 04 de Abril de 2012, na Missa dos Santos óleos, Dom Sérgio Aparecido Colombo entregou aos padres da Diocese de Bragança Paulista, o 1 Plano da Ação Evangelizadora da Diocese.

Um dos primeiros gestos de Dom Sérgio, logo que chegou em nossa Diocese foi criar a Coordenação Diocesana de Pastoral, composta pelo Bispo Diocesano, Vigário Geral, Vigários Forâneos, Chanceler e o Coordenador Diocesano da Ação Pastoral e Evangelizadora. A Coordenação Diocesana de Pastoral tem como finalidade ver, refletir e encaminhar os desafios pastorais da Diocese.

No final do ano de 2010, a nova Coordenação Diocesana elaborou um questionário para ser aplicado junto às Paróquias e Comunidades com a finalidade de apresentar as ações pastorais concretas existentes, assim como os desafios atuais. Com o auxílio dos Vigários Forâneos, assessorados pelo Padre Nei de Oliveira Preto, que fez uma análise teológico-pastoral do resultado dos questionários, e do Padre José Antonio Boareto, que fez a análise sociológica, a Diocese promoveu no período quaresmal as Assembléias Pastorais em cada Forania para estudo e aprofundamento da realidade e das propostas constatadas nas Paróquias e Comunidades.

No dia 15 de novembro de 2011 foi realizada a 2ª. Assembléia Diocesana de Pastoral, que contou com a presença dos Presbíteros, Diáconos, Religiosos (as), leigos e leigas coordenadores de pastorais e de movimentos, seminaristas, tendo à frente o Bispo Diocesano, Dom Sérgio, com a assessoria do Padre Manoel de Godoy, da Arquidiocese de Belo Horizonte – MG. Foi um momento de intensa comunhão e participação de todos, para a aprovação das metas para a Ação Evangelizadora na Diocese.

A Assembleia Diocesana refletiu sobre os desafios atuais para a evangelização, marcados por uma sociedade em plena “mudança de época”, caracterizado por: individualismo exacerbado, consumismo, hedonismo, pluralismo sobretudo no campo religioso, comodismo, superficialidade nas relações e inconsistência de valores, sobretudo cristãos. O que caracteriza a mudança de época é que nada é absoluto, tudo é relativo, recaindo acento sobre a primazia da pessoa em suas necessidades momentâneas.

É preciso considerar os aspectos positivos, numa perspectiva de mudança, que mais do que desencorajar, deve provocar e estimular um planejamento de Ação Evangelizadora, com conteúdos e metodologias adequadas. As reflexões realizadas no processo de construção do presente planejamento revelam: forte desejo de unidade, consciência na corresponsabilidade de evangelizar, necessidade de uma pastoral orgânica, fidelidade de todos ao Magistério da Igreja, e em especial, em consonância com a caminhada da Igreja no Brasil.

Nos textos da Sagrada Escritura, principalmente os Evangelhos, nos Documentos do Vaticano II, nos Documentos dos últimos Pontífices, no Documento de Aparecida e nas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil 2011-2015, encontramos a motivação e a justificativa para encaminhamento dos nossos objetivos contidos no planejamento, que pretendem dar condições para que o mesmo aconteça em toda a Diocese:

1º.) Igreja em estado permanente de missão.

2º.) Igreja, Casa da Iniciação Cristã.

3º.) Igreja, lugar da animação bíblica da vida e da pastoral.

4º) Igreja, Comunidade de comunidades.

5º) Igreja, a serviço da vida plena para todos.

À luz destas perspectivas, a Diocese de Bragança Paulista em sintonia com as reflexões propostas na 2ª. Assembleia Diocesana de Pastoral em 15 de novembro de 2011, pode elaborar o seu 1º. Planejamento da sua Ação Evangelizadora, que quer ser um motivador para um novo tempo em nossa Igreja Particular, e ajudarmos a passar de uma “pastoral de mera conservação para uma pastoral decididamente missionária” (DA, no. 370).

 

 

Padre Orestes de Oliveira Preto

Coordenador Diocesano da Ação Evangelizadora